Flower_top_left Flower_top_right
Banner_930x175pxl

Imprensa

Gastronomia – Correio do Povo | Porto Alegre, 30 de Abril de 2005

Pelotas

A Confeitaria Doces Pelotenses comemora hoje 19 anos de fundação. A partir das 10h, o proprietário Egon Kunrath vai estar brindando com seus clientes mais um ano de atividades, sempre no charmoso bairro Moinhos de Vento. Instalada na Quintino Bocaiúva, 345, com serviço de telentrega pelo fone 3222-4929, a confeitaria atende de segunda a sábado, das 10h às 19h. No cardápio, os deliciosos ninhos, trouxinhas de nozes e bem-casados.

List_cp_30_04_05_site
Gastronomia – Carlos Pires de Miranda – Jornal do Comércio | Porto Alegre, 29/04/2005 a 01/05/2005

Doces Pelotenses comemora neste sábado seus 19 anos ali na Rua Quintino Bocaiúva, 345 (tel. 322-4929). A partir das 10h, afora as delícias de sempre, a confeitaria estará sugerindo cestinhas para presentear no Dia das Mães. Esta da foto, com enfeite e pátina, tem 15 exemplares de camafeu, trouxinha de nozes, ninho, fios de ovos glaceados, bombons de cereja, coco e nozes. Custa R$ 19,00, mas há outras desde R$ 12,00.

List_jc_29_04_05_site
Eduardo Conill – Correio do Povo | Porto Alegre, 29 de Abril de 2005

Doces

A Neneca Parreira estará lá, junto com Egon Kunrath e os colaboradores da Confeitaria Doces Pelotenses, para comemorar os 19 anos da casa na manhã de sábado, na Quintino Bocaiúva.

List_cp_29_04_05_site
Economia – Affonso Ritter – Jornal do Comércio | Porto Alegre, 27 de Abril de 2005

Doces pelotenses

Confeitaria Doces Pelotenses, do Moinhos de Vento, hoje com quase 4 mil clientes cadastrados e única a disponibilizar em Porto Alegre os verdadeiros doces de Pelotas, completa 19 anos. Neste período, ela vendeu 2,5 milhões de unidades. A comemoração, liderada por seu proprietário, Egon Kunrath, será às 10h de sábado.

List_jc_27_04_05_site
Roberto Gigante – ABC Domingo | Novo Hamburgo, 24 de Abril de 2005

Dezenove Anos de Doçura

A partir das 10 horas do próximo sábado, o empresário Egon Kunrath, juntamente com seus colaboradores, estará brindando com clientes e amigos os 19 anos de sucesso da Confeitaria Doces Pelotenses, a única que disponibiliza aqui os autênticos doces de fama internacional e feitos artesanalmente em Pelotas.

List_d_24_04_05_site
Gastronomia – Zero Hora | Porto Alegre, 22 de Abril de 2005

Doces para as mamães

Para tornar mais doce o Dia das Mães, a confeitaria Doces Pelotenses (Quintino Bocaiúva, 345) criou cestinhas com pátina com 15 docinhos (entre eles, camafeu, ninho, trouxinha de nozes, quindim de coco, quindim de nozes, fios de ovos glaceados, bombons de cereja, coco e nozes). A embalagem com docinhos custa R$ 19. Informações e encomendas pelo fone: 51 3222-4929.

List_zh_22_04_05_site
Guia Veja | Porto Alegre, 2005 a 2006

O Melhor da Cidade
Março de 2005
Páginas 118 e 119

List_veja_-_2005-2006
Gastronomia – Carlos Pires de Miranda – Jornal do Comércio | Porto Alegre, 17, 18 e 19/12/2004

Confesso uma fraqueza por bem-casados, que desde garoto me acostumei a degustar em festas familiares. Os da Doces Pelotenses são impecáveis, tentadores como se vê aí na foto, boa idéia para sua ceia.
Mas o que a confeitaria está sugerindo (e vendendo muitíssimo bem) como presente de Natal são as frutas cristalizadas: figo, laranja, marmelada, passas de pêssego e outras, em potes decorativos. Preços entre R$ 8,00 (os menores) e R$ 35,00 (grandes). Rua Quintino Bocaiúva, 345, tel. 3222-4929, de segundas a sábados das 10h às 19h.

List_jc_17_12_04_site
Gastronomia – Carlos Pires de Miranda – Jornal do Comércio | Porto Alegre, 2, 3 e 04/07/2004

Agora que a Fenadoce terminou, resta aos apreciadores degustar as maravilhas da região na Doces Pelotenses. A variedade é grande, quase uma centena, com destaque – na opinião do colunista – para inefáveis bem-casados. Rua Quintino Bocaiúva, 345, tel. 3222-4929, de segundas a sábados das 10h às 19h.

List_jc_02_07_04_site
Bom Fim/Moinhos – Jornal JÁ | Porto Alegre, Julho de 2004

Doces de Pelotas no Moinhos

A confeitaria Doces Pelotenses é a única loja de Porto Alegre especializada nos doces artesanais de Pelotas. Depois de 15 anos instalada em um casarão da rua Félix da Cunha, foi para a Quintino Bocaiúva em 2001, mantendo-se no Moinhos ao longo dos seus 18 anos. Já são mais de três mil clientes cadastrados. O trabalho da confeitaria prima pela qualidade e diversidade dos produtos, mantendo a tradição de buscar, em Pelotas, o que cada fornecedor tem de melhor. Os doces pelotenses têm origem nos conventos portugueses, desde o final do século XV. Na época, as religiosas usavam a clara de ovo para engomar peitilhos e toucas. A gema não tinha proveito, até o dia em que elas passaram a aproveitá-la como ingrediente de quitutes. As receitas, elaboradas à base de ovos, originaram iguarias como papos de anjo, ninhos de fios de ovos, bem-casados, ambrosias, ovos moles, e pastéis Santa Clara. A confeitaria Doces Pelotenses fica na Quintino Bocaiúva, 345 e funciona de segunda a sábado, das 10h às 19 h. Telentrega: 3222.4929.

List_ja_01_07_04_site
Flower_bottom_left Flower_bottom_right